Meu corpo está voltando ao normal após a gravidez

Eu sempre fui uma mulher cuidadosa com o meu corpo. Sempre tentei manter meu peso dentro do ideal e a alimentação para mim sempre foi fundamental.

Logo que eu engravidei da Julia, eu já comecei a me preocupar e a me enquadrar em um plano alimentar que eu pudesse nutrir a minha filha mas ao mesmo tempo manter meu peso.

Nunca fui neurótica por malhação mas sempre gostei de fazer algumas aulas coletivas na academia. Localizada, step, jump, abdominais … Algumas aulas eram mais difíceis que outras mas nem por isso eu deixava de tentar.

Como o início da gravidez, as coisas ficaram um pouco mais complicadas. Meu médico não me liberou totalmente para fazer exercícios, então eu precisava me movimentar de alguma forma, sem comprometer a minha gravidez.

Nos primeiros meses, todo cuidado é pouco e, para mim, aquela gravidez era um sonho. Eu não podia correr nenhum risco.

Com o passar do tempo, fui ganhando confiança e meu médico começou a me liberar certos tipos de atividade. Logo que a liberação era dada, eu aproveitava e já iniciava, por mais leve que fosse.

Hidroginástica, yoga, alongamento, exercícios funcionais, um pilates bem leve e até uma pequena musculação.

A verdade é que apesar dos exercícios, eu acabei aumentando o meu peso bem mais do que eu gostaria. Foram 16 kg a mais no total.

E uma coisa era certa. Não se tratava da falta de exercícios e sim de um descontrole alimentar.

Foi aí que eu coloquei na minha cabeça que custasse o que custasse, eu encontraria um programa alimentar e de exercícios que me traria meu peso de volta.

Graças a Deus, tudo correu muito bem com a minha gravidez. Minha filha Julia nasceu saudável, com 38 semanas. Como eu optei pelo parto normal, dias depois da gravidez eu já me sentia muito bem, como se nada tivesse acontecido.

Depois de conversar com algumas amigas e algumas poucas pesquisas na internet, descobri um programa que se enquadraria perfeitamente nas minhas necessidades.

Além do planejamento de exercícios havia um plano alimentar desenhado e acompanhado por uma nutricionista.

Isso era tudo que eu precisava. Eu já estava determinada e só precisava de um pequeno empurrão.

Uma das coisas que fez a maior diferença para mim na hora de decidir pela compra foi que o programa foi pensado, desenhado e estruturado pensando em mulheres como eu. Mulheres que haviam engordado na gravidez e que precisavam ou desejavam voltar ao seu peso de antes.

Além disso, a série de exercícios é totalmente feita em casa, no seu tempo, no conforto e na segurança do seu lar. Isso, pelo menos para mim, não tem preço.

En fim, não quero tomais mais o tempo de vocês. Fica a dica desse programa porque eu realmente acredito no seu potencial, na sua estrutura e na verdade passada pela Gabriela ao longo dos vídeos.

São várias as mamães e mulheres que estão felizes com o programa e, em sua maioria, já recuperaram o peso de antes da gravidez e já entraram nas suas roupas de magra.

Meninas, era isso. Quem quiser conhecer o programa Mamãe Sarada, clique nesse link e assista o vídeo.

Espero que gostem e, caso aceitem o desafio, voltem aqui para me contar.

Beijos e até a próxima dica.

 

 

You may also like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *